Greenwich Village

Esta região, que foi um dia o centro da cena da arte boêmia de Nova York, permanece sendo um dos melhores lugares para sair na cidade e um ótimo local para saborear um café expresso ou assistir um filme independente.

No século XX, era em Greenwich Village que viviam os residentes mais badalados da cidade. Pequenas editoras, teatros experimentais e bares voltados para o público LGBT prosperaram no local, em conjunto com uma forte cultura alternativa. Depois da Segunda Guerra Mundial, os líderes da Geração Beat escreveram poemas e contos nas cafeterias do Village. Apesar do alto preço dos aluguéis terem expulsado muitos artistas de Nova York, o Greenwich Village ainda oferece o melhor da cultura, comida barata e o conforto típico de cidade pequena.

Comece no Washington Square Park. Aqui, ao lado de parques para cães e lanchonetes móveis, fica o Washington Square Arch. Construído em 1892, este arco de mármore foi inspirado no Arco do Triunfo de Paris. Dirija-se para a área sudeste do parque para desafiar alguém em um jogo de xadrez ao ar livre.

Faça um lanche na MacDougal Street, logo ao sul do Washington Square Park. A rua, que um dia teve cafeterias boêmias, hoje oferece comida internacional barata. Deguste um falafel, um wrap indiano ou uma fatia de pizza.

O Greenwich Village tem uma longa tradição em teatro experimental mas, atualmente, é o centro da comunidade cinematográfica de Nova York. Veja um filme de arte no IFC Center. Este cinema de arte substituiu o querido Waverky Theater na Sixth Avenue. Você pode preferir assistir um clássico do cinema no Film Forum, na região sudeste do bairro.

Passeie pelas estreitas ruas de West Village para ter uma ideia de como era o bairro no passado. Lá, as sinuosas ruas diagonais se rebelam contra o padrão da cidade e são um ótimo cenário para caminhar sem rumo.

Vire na Christopher Street para conhecer um dos locais símbolo do movimento norte-americano pelo direito dos homossexuais. O Stonewall Inn foi o cenário dos históricos conflitos de Stonewall na década de 1960, quando ativistas gays enfrentaram a polícia durante três dias. Atualmente, a Christopher Street tem bares e lojas populares entre a comunidade LGBT.

Greenwich Village tem várias estações do metrô e pontos de ônibus. Para começar pelo ponto mais central, desembarque na estação do metrô West 4th Street.


As melhores ofertas de hotéis

Ver todos os hotéis de Greenwich Village

Reservar suas férias em Greenwich Village, Estados Unidos